Dos bastidores eu vejo o mundo: cenografia, figurino, maquiagem e mais: volume 3

Autores

Fausto Viana
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Maria Celina Gil
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes
Tainá Macêdo Vasconcelos
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Palavras-chave:

Teatro, Cenografia - Produção, Figurino – Produção, Vestuário – Produção, Figurinistas – Entrevistas, Cenógrafos – Entrevistas, Costureiros – Entrevistas

Sinopse

A obra Dos bastidores eu vejo o mundo, em seu terceiro volume, é dedicado a um breve levantamento de produções, artistas e técnicos que trabalharam ou trabalham na cena gay, com um olhar fortemente direcionado para a produção dos trajes de cena. Está divido em duas partes: entrevistas e artigos. A obra mostra croquis, fotografias, vídeos, depoimentos, trajes, adereços e muito mais sobre o assunto. Os organizadores contam um pouco da história dos primeiros grupos artísticos e seus "trajes de cena" que marcaram época: nos anos 1970, os "Dzi Croquettes", o primeiro grupo a abordar a liberdade sexual; nos dias de hoje o cantor Pablo Vitar; sem esquecer dos "Secos e Molhados". Podemos dizer que temos muito poucos estudos sobre gênero e sexualidade, e mais ainda quando se fala de teatro LGBTI. Esse volume que tem um pouco de tudo: teatro, cinema, travestis, drag queens, entre outros, pode ser um estímulo para que apareçam mais publicações sobre os temas da comunidade LBTI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

julho 9, 2021

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)

978-85-7205-195-8

doi

10.11606/9788572051958