Espaços de consumo em tempos de Covid-19

Autores

Amalia Inés Geraiges de Lemos
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas
Aparecido Pires de Moraes Sobrinho
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Palavras-chave:

Geografia urbana, Geografia do consumo, COVID-19, Espaços de consumo, Comércio

Sinopse

Este livro apresenta a contextualização geográfica do consumo na tragédia da covid-19, propondo alternativas reflexivas e de compreensão dessa questão em diferentes matizes. Ressalta-se que é dever da Geografia reconhecer como os novos direcionamentos da produção-consumo-trabalho, no contexto da pandemia, afeta, variavelmente, a vida dos sujeitos (seu corpo, mente, vida cotidiana), conforme a classe social, os setores da sociedade, a produção das localizações e os usos e apropriações do território no mundo capitalista e no auge da sua tecnificação. O atual momento do planeta coloca entre parênteses não somente a relação de cada indivíduo com o próprio mundo, mas como se interpreta o dito mundo. É nessa relação entre sujeito x trabalho x mundo feito pelo sujeito no trabalho (substituído homem por sujeito), que se orienta a crise e, concomitantemente, emergem as atuais demandas de um novo olhar geográfico para o mundo do trabalho. Esse novo esforço interpretativo é realizado neste livro, à luz dos espaços de consumo em tempos de Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

agosto 27, 2021

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)

978-65-87621-57-9

doi

10.11606/9786587621579