Crepusculário: conferências sobre mitohermenêutica & educação em euskadi

Autores

Marcos Ferreira-Santos
(Author)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação

Palavras-chave:

Imaginário, Mitologia, Mitohermenêutica, Arte-educação

Sinopse

O livro se constitui em um dos resultados da investigação pós-doutoral, “Crepúsculo del mito: hermenéutica y antropologia de la educación en Euskal Herria y Ameríndia” (Fapesp, 2004) sob supervisão de Andrés Ortiz-Osés [1943-2021], na época catedrático de hermenêutica simbólica da Universidad de Deusto, e que também assina o prefácio do livro, sendo base das conferências ministradas entre 2003/2005 pelo autor como professor visitante de mitohermenêutica nas Universidad de Deusto, Universidad del País Vasco, Bidebarrietako Liburutegia, e no Instituto Zenbat Gara em Euskadi (Euskal Herria, País Basco, norte da Espanha). Objetiva a crítica da escolarização ocidental em contraponto com a velha educação de sensibilidade (processos iniciáticos nas comunidades tradicionais e povos originários), lastreado com a fundamentação teórica da mitohermenêutica numa compreensão mais afroameríndia na origem anarquista, naturalista e artística, da herança e desdobramentos dos estudos simbólicos e interdisciplinares do Círculo de Eranos [Monte Veritá, Ascona, 1927-1988], e em especial com a obra de Gilbert Durand [1921-2012]; bem como as suas intersecções com a fenomenologia da imagem em Gaston Bachelard [1884-1962] e Maurice Merleau-Ponty [1908-1961], discute as aplicações da mitohermenêutica nas questões étnico-raciais, autogestão, autoformação; e conclui nos diálogos com a antropologia da pessoa na figura de seu precursor ucraniano, Nikolay Berdyaev [1874-1948]. Decorridos 18 anos da primeira edição (Ed. Zouk, 2004), fez-se uma revisão, atualização e ampliação do texto original para adequar-se aos vários cursos de mitologia, cultura & educação, educação afroameríndia, políticas públicas em educação, em que ele foi adotado no Brasil, Espanha e Latinoamérica, sendo uma das primeiras referências desta área de investigação no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

outubro 18, 2021

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)

978-65-87047-25-6

doi

10.11606/9786587047256