Gestão democrática de recursos financeiros descentralizados para a escola pública: uma política necessária!

Autores

Rubens Barbosa de Camargo
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Ydeliz Coelho de Souza Sanches
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Mariana Peleje Viana
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação

Palavras-chave:

Financiamento da Educação, Recursos financeiros descentralizados (Programas), Escola Pública, PDDE

Sinopse

Este livro trata de duas grandes políticas estruturais da escola pública brasileira: o financiamento da educação e a gestão democrática do ensino. É uma coletânea de artigos escritos a partir de pesquisas realizadas, em sua grande maioria, na forma de iniciação científica, mestrado e doutorado na Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FE-USP), sob a orientação do Professor Rubens Barbosa de Camargo, bem como de pesquisas apresentadas em bancas para as quais ele foi convidado a contribuir. Os links para os trabalhos completos que originaram cada capítulo deste livro estão disponíveis em nota de rodapé, junto à introdução ou ao título dos mesmos, além de constarem nas respectivas referências bibliográficas. Essas pesquisas têm em comum o questionamento sobre a relação entre a descentralização dos recursos financeiros e a gestão democrática do ensino nas escolas públicas. Afinal, até que ponto esses recursos de fato garantem o desenvolvimento dos projetos escolares e a autonomia das escolas? Eles são em quantidade e em regularidade suficientes para isso? São de conhecimento de toda a equipe escolar, de todos os alunos e de seus responsáveis e demais membros da comunidade à qual a escola se vincula? Quem define de fato o uso desses recursos e de que forma o define no âmbito local? Qual a importância e o significado desses recursos no âmbito do financiamento da educação? As questões teóricas relacionadas ao campo do financiamento da educação e da gestão democrática da escola pública brasileira fundamentam as discussões realizadas pelos autores nos diversos artigos. Dessa forma, as perspectivas político-econômicas presentes nos programas governamentais aparecem criticamente nos textos, o que possibilita ao leitor perceber a complexidade do tema, as dificuldades e as contradições enfrentadas cotidianamente pelas comunidades e pelos trabalhadores da educação das escolas públicas brasileiras relacionadas à gestão democrática dos recursos financeiros descentralizados. A relevância do tema, a existência de poucos trabalhos sobre o assunto, e o restrito conhecimento entre os profissionais que atuam na área, justificam a necessidade de se ampliar o debate e a divulgação dos resultados de pesquisas. Além disso, ao considerarmos que as verbas descentralizadas são uma realidade na escola pública, instrumentalizar todos aqueles que atuam na escola pública torna-se uma tarefa necessária. Por trás de cada linha escrita encontra-se o desejo de que crianças, adolescentes, jovens e adultos possam ter condições de estudo dignas e que os profissionais encontrem as condições necessárias para o desenvolvimento de seu trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

outubro 19, 2021

Detalhes sobre essa publicação

ISBN-13 (15)

978-65-87047-21-8

doi

10.11606/9786587047218