Arqueologia e conhecimentos tradicionais nas comunidades ribeirinhas: da terra para lousa

Autores

Maurício André da Silva
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia
Eduardo Kazuo Tamanaha
(Organizador)
Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá da Amazônia
Márjorie do Nascimento Lima
(Organizador)
Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá da Amazônia

Palavras-chave:

Arqueologia amazônica, Comunidades Ribeirinhas, Escavações arqueológicas – estudo e ensino

Sinopse

O livro é direcionado para quem trabalha com educação na rede básica de ensino (Ensino Infantil, Fundamental e Médio) em contextos comunitários no interior do Estado do Amazonas, especialmente nas comunidades ribeirinhas localizadas em Unidades de Conservação de Uso Sustentável. O livro nasce a partir da demanda de professores/as de comunidades localizadas na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã e na Floresta Nacional de Tefé na região do Médio Solimões, próximo a Tefé, que recebem pesquisadores/as de várias áreas. O desejo de ter acesso aos dados produzidos em seus quintais é uma forma de melhorar o ensino local e promover o desenvolvimento das novas gerações. O convênio firmado entre o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e o Museu de Arqueologia e Etnologia da USP tem permitido avanços nas pesquisas e na área de socialização do patrimônio arqueológico. Os textos exploram diferentes temas e são resultados de dados levantados na região. Como a arqueologia é um campo do conhecimento interdisciplinar, ou seja, necessita da abordagem da história, antropologia, biologia, geografia, física, química, artes etc., a obra é capaz de inspirar o trabalho de professores/ as de qualquer campo do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.
capa

Downloads

Publicado

novembro 30, 2021

Licença

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.