A outra face: a máscara e a (trans)formação do atuante: ligeiros olhares sobre práticas em escolas universitárias e dois grupos de teatro

Autores

Felisberto Sabino da Costa
(Author)
Universidade de São Paulo. Escola de Comunicações e Artes

Palavras-chave:

Teatro – Representação, Máscaras, Teatro – Estudo e ensino, Ensino superior, Atores – Formação profissional

Sinopse

O livro foi elaborado na primeira década do ano 2000, e retomado apenas agora, com pequenas modificações. Dessa forma, o trabalho se mostra como recorte de um tempo, uma fotografia que aborda processos com a máscara em um determinado intervalo de tempo, configurando-se como registro que, imerso em um processo histórico, não pretende dar conta de tudo. Sob essa perspectiva, a viagem empreendida nessa leitura necessita da sinalização de alguns procedimentos. O intuito do trabalho é abordar a pedagogia da máscara levada a cabo por alguns artistas-professores, em algumas escolas de teatro brasileiras, centrada no artefato colocado na face do ator ou da atriz, distanciando-se de uma perspectiva expandida, tal como, por exemplo, o mascaramento. A ideia não é verticalizar um determinado tema, mas fazer um sobrevoo nas práticas apontando alguns processos. O autor vislumbrou elaborar uma espécie de léxico do trabalho com a máscara, porém, não no formato de verbetes isolados, mas entrelaçados em narrativa que alinhasse ligeiramente cada tema tocado. Nesse sentido, o autor alerta para que não se espere uma imersão na profundeza de um rio-máscara, antes, um navegar pela superfície das águas, que reverbera no casco (ou na pele) a tensão da profundidade. Ao trazer essas indicações para o voo, o autor não busca uma justificativa, pois foi uma escolha permanecer na pele e não atingir o osso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

dezembro 22, 2021

Licença

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.