Construção de práticas a partir da proposta curricular bilíngue de São Paulo: o desafio da materialidade em sala de aula

Autores

Ana Paula Zerbato
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Bárbara Neves Salviano de Paula
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação
Karina Soledad Maldonado Molina
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação

Palavras-chave:

Libras (Ensino), Educação Bilíngue, Políticas Públicas, Formação de Professores, Práticas Pedagógicas

Sinopse

É função da escola e dos profissionais da educação propiciar que o percurso pedagógico dos alunos seja suave e fluido, ao mesmo tempo que seja motivador e intrigante. Conseguir isso em uma sala de aula heterogênea pode não ser fácil, especialmente se essa sala for composta por sujeitos que não compartilham de mesma língua, cultura e experiência processual mental. Esta obra objetiva aportar aos estudantes e profissionais da educação modelos pedagógicos de práticas de ensino para salas de aula inclusivas, cujo público seja composto de alunos ouvintes e surdos. Tendo como base teórica estudiosos e pesquisadores da temática de Educação de Surdos e o documento produzido pela Secretaria Municipal de Educação de São Paulo intitulado Currículo da Cidade: Educação Especial: Língua Brasileira de Sinais, as organizadoras elucidam embasamento científico atrelado à prática. A proposta do livro é motivar o leitor a trabalhar a acessibilidade de maneira plena, mesmo em ambientes com alunos cujos processos mentais de aprendizado sejam diferentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

janeiro 19, 2022

Licença

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.