Manual instrutivo das oficinas de qualificação de profissionais da atenção primária à saúde : promoção da alimentação adequada e saudável e da atividade física e práticas corporais

Autores

Patrícia Constante Jaime, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Douglas Roque Andrade, Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades; Júlia De Caro Costa, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Débora Henrique Concha, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Gabriela Kimie de Azevedo Kimura, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Laura Luciano Scaciota; Melissa Yasmin Alves Tarrão, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Daiany Mayara de França Saldanha, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública; Adriana Paula de Almeida, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Palavras-chave:

Alimentação, Dieta Saudável, Obesidade, Exercício Físico, Atenção Primária à Saúde, Capacitação de Recursos Humanos em Saúde

Sinopse

O Manual Instrutivo das Oficinas de Qualificação de Profissionais da Atenção Primária à Saúde, v. 1, trata da promoção da alimentação adequada e saudável e da atividade física e práticas corporais. O livro apresenta uma proposta metodológica para a realização de oficinas voltadas para a qualificação de profissionais da Atenção Primária à Saúde (APS) para ações de promoção da alimentação adequada e saudável, da atividade física e práticas corporais, vigilância alimentar e nutricional e manejo da obesidade com abordagem coletiva. A obra foi elaborada com um olhar cuidadoso para os usuários com fatores de risco e problemas de saúde já instalados referentes a estas questões, em especial pessoas portadoras de sobrepeso ou obesidade. Por se tratar de um manual instrutivo, este material deve ser encarado como um modelo flexível, que se adapte às realidades específicas de cada território e serviço. É uma ferramenta proposta para a prática de Educação Permanente em Saúde (EPS) humanizadora, contextualizada ao cenário de prática do trabalhador, que parta de uma educação crítico-reflexiva e participativa, transformadora de práticas coletivas e institucionais e que inclua todos os atores envolvidos (gestores, trabalhadores, usuários e grupos comunitários).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patrícia Constante Jaime, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Douglas Roque Andrade, Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades
Júlia De Caro Costa, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Laura Luciano Scaciota
Daiany Mayara de França Saldanha, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Downloads

Publicado

abril 27, 2022

Licença

Creative Commons License
Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution 4.0 International License.