Cartilha orientativa de desenho urbano para melhoria da caminhabilidade da população idosa

Autores

Karin Regina de Castro Marins
(Organizador)
Universidade de São Paulo. Escola Politécnica
https://orcid.org/0000-0003-0061-1322

Palavras-chave:

Desenho urbano, Acessibilidade ao meio físico, Idosos, Caminhabilidade

Sinopse

A urbanização é um dos fenômenos mais marcantes no Brasil e no mundo. Progressivamente, mais e mais pessoas vivem nas cidades, fato que gera um grande desafio: preservar o meio ambiente, respeitando aspectos culturais e concretizando a missão de tornar o espaço urbano um lugar de conciliação e inclusão. A valorização da escala humana e da condição das pessoas enquanto pedestres é premissa para a sustentabilidade urbana e para a saúde no (e do) nosso planeta. O ato de caminhar agrega independência e mobilidade aos indivíduos de todas as idades, enquanto contribui para a socialização e para promover ambientes urbanos mais limpos. Os idosos são parcela cada vez mais representativa da população mundial, inclusive nas cidades, e a qualidade de vida dos mesmos está diretamente relacionada às condições do ambiente urbano. Planejar e projetar espaços urbanos, com a devida atenção aos idosos, requer a implementação de atributos construtivos, ambientais e tecnológicos, entre outros. Esta cartilha foi elaborada para auxiliar municipalidades, comunidades e agentes em geral, responsáveis pela promoção da caminhabilidade de idosos nas cidades brasileiras, trazendo um referencial técnico para desenho do sistema de espaços públicos utilizados por pedestres idosos, assim como recomendações para facilitar a gestão desses espaços.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

maio 23, 2022

Licença

Creative Commons License

Este trabalho está licenciado sob uma licença Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.